fbpx
EnglishItalianPortugueseSpanish

Blefaroplastia

A Blefaroplastia (Cirurgia Plástica das Pálpebras) corrige as alterações causadas pelo tempo, removendo o excesso de pele e reduzindo as bolsas de gordura, promovendo aspecto facial mais suave, alegre e descansado.

As estruturas palpebrais, ao longo do tempo, tornam-se frouxas , apresentando pele excedente e protrusão (“projeção”) das bolsas de gordura localizadas sob as pálpebras. Essas alterações são percebidas pelas dobras da pele e pelo abaulamento da região, conferindo um aspecto facial de tristeza e cansaço.

A proposta da cirurgia é remover o excesso de pele além de reduzir as bolsas de gordura locais, tornando as pálpebras mais planas e lisas, restabelecendo assim um aspecto facial mais suave, alegre e descansado.

A anestesia para este tipo de cirurgia pode ser local, local associada à sedação ou geral (raramente). A cirurgia dura em média 90 minutos, sendo necessário um período de internação de até 12 horas, quando usada anestesia local, podendo ser estendido para 24 horas no caso de anestesia local com sedação ou geral.

Sempre há formação de edema (inchaço) e equimose (manchas vermelhas e/ou roxas), que podem variar de intensidade. Geralmente desaparecem entre 1 a 2 semanas após a cirurgia. Para que a formação destas seja minimizada, utiliza-se compressas com soro fisiológico gelado nos três primeiros dias pós-operatórios. Outro cuidado

importante é evitar o calor (banhos muito quentes, cozinhar, etc.), que favorecem sangramento, formação do edema e das equimoses. O sol deve ser evitado por 1 mês, sendo recomendado o uso de óculos escuros.

Em geral, toda Cirurgia Plástica atinge um resultado mais definitivo próximo a 6 meses, pois é o tempo necessário para o amadurecimento da cicatriz, sendo que no caso das blefaroplastias, os resultados podem ser alcançado em um período médio de 4 meses pós-operatório.

Quando a indicação da cirurgia é precisa, a técnica cirúrgica bem executada e os cuidados pós-operatórios seguidos, é raro que ocorram complicações. Mas, como toda cirurgia tem seus riscos, podemos citar: hematoma, infeção, deiscência (abertura da sutura), ectrópio (inversão da pálpebra inferior) e esclera aparente.

Agende sua consulta

Open chat
M kawasaki