fbpx
EnglishItalianPortugueseSpanish

Lipoaspiração

A Cirurgia de Lipoaspiração foi desenvolvida para a redução de gordura em áreas localizadas, conferindo ao paciente melhoria no contorno corporal. Não é uma cirurgia para perder peso, a maior mudança ocorre na forma e não na balança.

Os melhores resultados são obtidos nos casos em que o paciente apresenta gordura localizada e peso corporal próximo ao ideal. Há um limite considerado seguro referente ao volume total aspirado em uma mesma cirurgia e que corresponde a aproximadamente 8% do peso corporal.

O termo Lipoescultura pode ser utilizado quando parte da gordura aspirada é utilizada como enxerto em áreas em que se precisa de preenchimento (glúteo, sulcos da face, depressões, irregularidades, etc.).

O tipo de anestesia utilizada depende da área a ser operada e do volume de gordura a ser lipoaspirado. Pode ser desde a anestesia local, local com sedação, peridural ou geral.

O tempo de internação pode variar de 12 a 24 horas, dependendo do porte da cirurgia.

A cirurgia é realizada através de pequenos orifícios (3 a 4 mm) em localizações específicas, por onde são introduzidas as cânulas para lipoaspiração.

A recuperação varia de acordo com tipo de cirurgia e com o estado geral do paciente. A dor no pós-operatório é mais intensa no primeiro dia, melhorando rápida e progressivamente nos 3 primeiros dias, sendo a dor o principal fator limitante no retorno às atividades normais. Cirurgias menores sob anestesia local permite um retorno rápido ao trabalho, geralmente após 1 a 3 dias. Cirurgias de porte maior, em áreas extensas, necessitam de um período de repouso maior, aproximadamente 5 a 7 dias.

Durante o primeiro mês observa-se intensa melhora do edema, quando então passa-se a notar endurecimento na área operada, decorrente da cicatrização interna. Este endurecimento melhora progressivamente durante o 2° e 3° meses, época na qual ocorre uma maior retração da pele. O resultado definitivo é obtido em aproximadamente 6 meses.

É necessário o uso de malha compressiva continuamente por 4 a 6 semanas no pós-operatório, bem como drenagem linfática com a finalidade de acelerar a recuperação.

São raras as complicações em lipoaspiração, sendo as mais comuns seroma, irregularidades, hematomas, infecção, sofrimento de pele, trombose venosa profunda. Qualquer alteração para pior durante a evolução pós-operatória (como vermelhidão na área operada, dor localizada que piora, piora do estado geral) deve ser comunicada imediatamente ao Cirurgião.

Agende sua consulta

Open chat
M kawasaki