fbpx
EnglishItalianPortugueseSpanish

Otoplastia

A chamada orelha em abano é uma deformidade relativamente comum. Caracteriza-se por apresentar a borda lateral da orelha mais distante da cabeça do que o ideal, aparentando por isso ser maior. Nestas orelhas há também o apagamento da anti-hélice (dobra interna da orelha), conferindo à esta um aspecto de parabólica.

A finalidade da otoplastia é a correção cirúrgica destas deformidades através de uma cicatriz posicionada atrás da orelha, visando formar a anti-hélice e reduzir a distância entre a face posterior da orelha e o couro cabeludo.

A idade ideal para a correção é a partir de 6 anos. Nesta idade a orelha já atingiu o tamanho próximo a do adulto e a criança está no início do período escolar.

Para as crianças, a anestesia de escolha é a geral. Nos pacientes adultos pode ser utilizada anestesia local, local com sedação ou mesmo geral. O paciente deve permanecer internado de 12 a 24 horas, de acordo com o porte anestésico e evolução do paciente.

O paciente pode retornar às suas atividades normais rapidamente (de 1 a 3 dias), devendo evitar qualquer tipo de trauma local, inclusive ao dormir, por período de 4 semanas. Para isso é recomendável uma bandagem elástica por 2 a 4 semanas, a qual protege e mantém a orelha imobilizada próxima à cabeça.

No pós-operatório imediato já se tem praticamente o formato final. O edema (inchaço) e equimose (manchas arroxeadas) regridem entre 2 a 4 semanas. A cicatriz como qualquer outra, necessita de aproximadamente 6 meses para completar sua maturação.

As complicações são raras, porém podemos citar: hematoma, infecção, deiscência (abertura da sutura), cicatriz hipertrófica ou quelóides.

Agende sua consulta

Open chat
M kawasaki